Renata Vasconcellos invadiu a programação da Globo nesta segunda-feira (12), no meio da exibição da novela das 19h, Salve-se Quem Puder, para falar sobre as principais notícias da edição do Jornal Nacional.

“O Jornal Nacional vai mostrar quem começou a se vacinar hoje contra a gripe comum e as recomendações para quem vai ser vacinado”, iniciou a apresentadora.

Leia também: Fátima Bernardes faz na Globo o que Faustão se recusou; veja o que aqui

Advertisement

Sobre a imunização contra a gripe no país, a infectologista do Hospital San Gennaro, em São Paulo, Claudia Maruyama, afirmou que a campanha ajudou no controle do novo coronavírus no ano passado. “O conjunto de medidas adotadas desde março do ano passado para impedir a circulação do novo coronavírus com certeza ajudou na diminuição das doenças respiratórias mais comuns entre o outono e inverno”, disse ela.

Renata continuou informando sobre os destaques da edição do JN desta segunda-feira e falou sobre a Coronavac. “E detalhes do estudo final sobre a eficácia da CoronaVac, eficácia ainda maior do que a testada anteriormente”, disse a jornalista.

Advertisement

Leia também: Bolsonaro manda recado cruel para a Globo, que pode ser vendida; veja pra quem aqui

A âncora do JN também falou sobre um dos assuntos mais falados em relação à vacina: o desperdício. “A discussão sobre as doses que cabem em cada frasco de vacina do Butantan e o que fazer para que não haja desperdício na hora da aplicação”, completou.

Por fim, Renata falou sobre as investigações envolvendo a morte do menino Henry. “E ainda: as novas revelações no caso do menino Henry”, disse a jornalista, finalizando a sua chamada.

Advertisement
Advertisement