A grande cúpula da Globo vem pressionando cada vez mais Luciano Huck para adiar a sua ida para a política, para assumir o lugar de Fausto Silva, que deixará a emissora no fim deste ano.

Os diretores do canal tentam convencer Huck de que sua entrada na política pode ser prejudicial à emissora e que chegou a sua hora de assumir o horário mais nobre do entretenimento dominical, de se tornar o “rei dos domingos”.

Leia também: Faustão vê sua demissão da Globo como triste e rebaixante; veja aqui

Advertisement

A Globo tem pressa para que o apresentador tome sua decisão logo. Primeiro porque seu contrato acaba no meio deste ano. Outro fator é que a emissora está planejando a sua grade de 2022 e conta com Huck.

O departamento comercial ainda precisa da definição de quem ficará no lugar de Faustão para vender os espaços publicitários em setembro.

Advertisement

Nos bastidores, Huck é apontado como o substituto natural de Fausto Silva.

O Domingão é uma das maiores receitas e um dos programas mais lucrativos da emissora. Como o apresentador é queridinho no mercado, ele tem uma vantagem no desafio de segurar a audiência do programa após a saída de Faustão. Além disso, de acordo com fontes, o primetime do domingo é um lugar que Huck sempre quis estar.

Advertisement
Advertisement