Alguns dias após anunciar a sua saída da Globo, Márcio Gomes revelou que a emissora não quis cobrir o salário oferecido pela CNN Brasil. “Não tiveram interesse”, declarou o jornalista.

Em entrevista para a Revista Veja, Márcio afirmou que assim que a emissora de notícias começou a entrar em contato com ele, ele avisou a Globo.

Leia também: Justiça penhora bens de atriz da Globo Giovanna Antonelli por causa de dívidas; veja quanto aqui

Advertisement

“Não iria negociar pelas costas, jogo limpo. Outras emissoras já haviam feito contato, mas nunca levei adiante. Dessa vez foi diferente”, diz o ex-correspondente internacional.

“A Globo passou a me ligar todos os dias com contraofertas, mas nenhuma delas foi suficiente. Eles não tiveram interesse em cobrir o salário oferecido”, revelou o apresentador. Especula-se que o valor oferecido pela CNN seja de R$ 100 mil.

“Eu estava muito confortável na emissora. O Combate ao Coronavírus foi um programa que me tirou da zona de conforto. A primeira máscara que ensinaram a fazer na TV fui eu que fiz, a primeira morte registrada foi informada no programa”, relembrou.

Advertisement

“As pessoas falaram que me tornei o rosto da pandemia. Acho exagero, mas não ligo. O problema é que não haverá um programa desses a cada seis meses. É legal fazer o básico, mas não é pra mim”, finalizou o ex-apresentador da Globo.

Márcio Gomes deixou a emissora carioca após 24 anos de casa. No novo canal, ele será responsável por apresentar um programa um programa inédito e que deve começar nas próximas semanas. 

Advertisement

“Participar de um projeto inovador no maior canal de notícias do mundo é motivo de muito orgulho. Espero contribuir com a expansão do canal no Brasil e poder gerar ainda mais credibilidade à CNN. Chego muito motivado. Será um grande desafio na minha carreira”, declarou o jornalista no comunicado enviado pela CNN Brasil.

Advertisement