Uma situação pra lá de incomum foi registrada na tarde desta sexta-feira, 10, quando o repórter da Globo Renato Peters dava informações sobre o coronavírus.

Uma mulher chegou por trás dele, de surpresa, e arrancou seu microfone para defender o presidente Jair Bolsonaro e atacar a própria emissora:



Leia também: TV Globo choca o público e exibe corpos de mortos de coronavírus ao vivo; veja aqui

Advertisement

“A Globo é um lixo! O Bolsonaro tem razão!”.

O apresentador do jornal, César Tralli, voltou a aparecer do estúdio e pediu desculpas aos telespectadores pelo acontecido.

O constrangimento tomou conta do programa até que as imagens voltaram para o repórter, que acalmou os telespectadores:



Leia também: Globo vai faturar milhões com coronavírus segundo jornalista; veja o valor

Advertisement

“Gente! Tá tudo bem aqui. Nenhum arranhão, nem susto. A mulher, que estava com uma criança de 5 anos, só não percebeu que estávamos lá pra mostrar que o hospital do bairro dela já está em situação crítica. No mais, fica em casa. Eu sigo na rua pra reportar. Sempre”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Advertisement

Ataque ao vivo 😯 A Globo foi surpreendida com um protesto gratuito de uma fã de Jair Bolsonaro durante o SP1 e o jornalista César Tralli fez um desabafo sobre a situação logo em seguida. O que você pensa sobre esse tipo de atitude?

Uma publicação compartilhada por RD1 • Notícias da TV e Famosos (@rd1oficial) em





Advertisement
Advertisement