Natuza Nery não poupou críticas ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em sua participação na GloboNews. Ela ainda afirmou que o auxiliar do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mentiu ao afirmar que não indicou o uso de cloroquina para pacientes com a Covid-19.

“O ministro Pazuello mentiu descaradamente e ao fazer isso ao vivo, ele afronta a minha e a sua inteligência”, afirmou Natuza durante a edição das 18h.

“Primeiro ele disse que nunca defendeu cloroquina, talvez o ministro não se lembre, mas ele assinou uma recomendação para o uso da cloroquina”, recordou a jornalista.

Advertisement

Nery esclareceu aos telespectadores da GloboNews que tanto o ministro quanto Bolsonaro indicaram um tratamento precoce com medicamentos com eficácia não comprovada cientificamente.

“Quando o ministro fala em tratamento, quando o presidente fala em tratamento precoce, eles estão falando de cloroquina, de ivermectina. Quando eles fazem isso, não tem outro nome que não seja curandeirismo, porque não há provocação científica”, afirmou.

Advertisement

A jornalista ainda revelou que “o ministro foi a Manaus para um evento pró-cloroquina dias depois de ter recebido um alerta sobre a falta de oxigênio (na capital do Amazonas)”. “Ele não deu respostas, ele não dá datas, ele não dá previsibilidade. Tudo o que ele fala não se escreve”, acrescentou. 

Advertisement