Paulo Stein, veterano da narração brasileira, que ganhou destaque pelo seu sucesso na antiga Rede Manchete por sua voz em transmissões esportivas e até no carnaval do Rio de Janeiro, revelou que foi demitido da Globo, após 8 anos, por ser gordo. A afirmação foi feita durante uma entrevista para o canal do Youtube Só Esportes.

O veterano trabalhou na SportV, canal filiado à Rede Globo, entre 2011 e 2019. Na última sexta-feira (19) ele citou William Bonner e falou sobre a sua demissão.

“Anderson (Firmino, um dos entrevistadores), você sonha em trabalhar na Globo? Muito jornalista sonha, empresa paga bem, você sonha? Na TV Globo, locutor e narrador não pode ser gordo, lá não pode. Você conhece algum? A razão pela qual eu fui demitido, ano passado, foi por causa disso. Se você não fizer regime e se mantiver… o próprio Bonner já admitiu que vive fazendo regime”, afirmou Paulo.

Advertisement

“No jornalismo, você não tem repórter, apresentador gordo”, ressaltou. “Eu era um negócio fora de série ali porque eu tinha construído um nome, o antigo diretor era meu amigo, Mario Jorge Guimarães. Mas eu não fazia linha de frente justamente por isso”, explicou.

No entanto, o narrador não ficou deslocado por isso. “Mas não me importo com essas coisas, se for narrar cuspe em distância quero fazer da melhor maneira possível. Mas a história é essa aí, lá não pode (gordo)”, disse Paulo.

Advertisement

Quando foi demitido, Stein foi chamado pela direção do canal de esportes. A justificativa da demissão foi que o canal estava passando por uma crise financeira e precisava diminuir seus gastos.

“Mas isso se mostrou uma mentira porque logo depois vários outros profissionais foram contratados”, rebateu. “Fiquei chateado porque queria ajudar mais, mesmo que não aparecesse muito, queria passar o que sabia para quem estava começando, mas não aconteceu, lamentou.

Advertisement
Advertisement