O ator Bruno Gagliasso não pediu demissão da Globo, foi a emissora que resolveu o dispensar e não renovar seu contrato.

De acordo com o site Notícias da TV, ele entrou em rota de colisão com a emissora na novela O Sétima Guardião.

Leia também: Flávia Alessandra denuncia assédio de diretores da Globo e conta detalhes; veja aqui



Leia também: TV Globo diz se vai demitir filha de Regina Duarte e choca; veja quanto ela ganha aqui

Advertisement

Bruno Gagliasso não teria se dedicado o suficiente ao personagem e também teria curtido críticas de internautas à novela.

Com 14 novelas, cinco séries e várias participações em programas da Globo, ele era um dos principais galãs do canal.

Tendo em vista isso, a emissora decidiu que não valeria à pena manter um alto salário por pouco trabalho.



Advertisement

Leia também: Jornal revela o que Bruna Marquezine vai fazer após demissão da Globo; veja valor aqui

Salário de Bruno Gagliasso na Globo:

O salário de Bruno Gagliasso era um dos maiores da teledramaturgia do canal. Ele recebia R$ 350 mil, com uma pequena redução caso não estivesse no ar.

Advertisement

O que dizem:

Segundo a assessoria de imprensa dele, não houve demissão e sim uma quebra consensual de contrato.



Leia também: Após se assumir, Reynaldo Gianecchini será demitido da Globo; veja seu salário aqui

Advertisement

“Hoje Bruno tem projetos por obra em outras plataformas e no cinema, porém a qualquer momento pode retornar à emissora para outros trabalhos – Bruno é, como também já disse, fã e grato por sua longa trajetória na Globo, casa que o ajudou, de modo intrínseco, a amadurecer como ator”.

A TV Globo também negou a demissão: “Bruno não foi demitido. Seu contrato chegou ao fim e, em comum acordo, não foi renovado”.







Advertisement