O retorno das gravações das novelas da Globo está marcado para o dia 27 de julho. No entanto, algumas “mordomias” serão cortadas para diminuir a possibilidade de contágio do novo coronavírus.

A partir de agora, os atores não poderão ter ajuda de camareiras e figurinistas para se vestirem. O que para muitos, é de se estranhar a necessidade de ter uma pessoa para ajudar a colocar uma roupa. Além disso, o número de trocas de roupas deve diminuir consideravelmente, e alguns atores terão que fazer a sua própria maquiagem.

Leia também: Bruna Marquezine tem mansão que vale milhões e valor e fotos caem na web; veja os detalhes e quanto custa aqui

Advertisement

Outra regra imposta por conta da COVID-19, é o veto do uso indiscriminado de carrinhos elétricos pelos estúdios. A orientação é de que os atores façam o percurso a pé e, apenas casos de muita necessidade usem os carrinhos, mas sem aglomerações.

A Globo também solicitou que os funcionários levassem a sua comida de casa, em marmitas. Curiosamente, alguns artistas chegavam a vender marmitas para os colegas dentro dos estúdios.

Advertisement

Aglomerações nas áreas de convivência também estão proibidas. Os atores deverão manter o distanciamento entre si, nos bastidores. Gravações com o uso de muitos figurantes, também estão proibidas.

Leia também: Globo toma decisão sobre Márcio Garcia após ele tomar partido sobre Bolsonaro; veja aqui

A princípio, apenas as gravações de “Amor de Mãe” e “Salve-se Quem Puder” estão com o retorno das gravações marcado. A Globo ainda está analisando como será a volta das gravações de “No tempo do imperador” e “Malhação”.

Advertisement

Siga o BH FAMA no Google News e receba as notícias antes de todo mundo; veja aqui

Leia: Demitido por causa de Bolsonaro, Lacombe pode se envolver com a Globo; veja aqui

Advertisement