Você pode até não saber quem ele é, mas Fiuk tem uma carreira como cantor e como ator em algumas produções da TV Globo.



> Após noite com travestis no motel, ator da Globo é chantageado e fotos vazam nesta sexta; veja aqui

Apesar disso, muitos ainda só o reconhecem como o filho de Fábio Júnior. Da última vez que atuou na Globo, por exemplo, ele foi criticado por só fazer uma única expressão em todas as cenas.

Bom, saindo do lado profissional e indo para o pessoal, parece que o rapaz acaba de ganhar uma grande dor de cabeça.

É que em 2011, quando estava hospedado em um hotel Sheraton no Leblon, no Rio de Janeiro, o ator sentiu falta de seu celular e acusou o garçom do hotel.



> “Dei muito e saí com mulher” diz Deborah Secco em entrevista reveladora; confira aqui
Após ter solicitado serviço de quarto, Fiuk passou a acreditar que o garçom que o atendeu foi o responsável por furtar seu iPhone.

Advertisement

Mais que depressa, ele desceu para a recepção e usou “palavras de baixo calão extremamente ofensivas” contra o funcionário, que se sentiu muito humilhado com toda a situação.

A polícia foi chamada, chegou a revistar o armário e a mochila do rapaz, sem encontrar nenhum aparelho.



> Diretor da Globo diz que Ruy Barbosa bateu de verdade em Marquezine; veja aqui

Em uma atitude arrogante, ele teria se recusado a pedir desculpas e simplesmente se virou e foi embora. O funcionário, por sua vez, recorreu a delegacia para registrar a calúnia.

Advertisement

Alegando ter passado a ser “preterido pelo hotel” “em razão da acusação infundada”, o homem pediu à Justiça que Fiuk o indenize em R$ 30 mil por danos morais.







Advertisement