Há cerca de dois anos a internet parou com o vazamento de um vídeo com um dos atores mais conhecidos da televisão.



Leia também: Fátima Bernardes é flagrada sem maquiagem e choca fãs com ‘cara real’; veja as fotos aqui

Tratava-se de Alexandre Borges acompanhado de ao menos duas travestis, que o filmaram enquanto consumiam bebidas alcoólicas.

Na gravação, uma delas aparecia sentada no colo do ator, que aparecia hora em um sofá vermelho e hora em uma cadeira.

O assunto dominou a internet por mais de uma semana e obrigou Alexandre Borges a se manifestar publicamente sobre o caso.



Leia também: Casamento de Bonner vira deboche na web por detalhe nas fotos; veja aqui

Advertisement

“Foi um encontro casual com três pessoas depois de uma festa”, afirmou na época, negando envolvimento ou uso de drogas na ocasião.

Neste ano Borges voltou a comentar o caso e disse que “ali ninguém está fazendo mal a ninguém. Não tem desrespeito. Não me preocupei em saber que gênero era, que raça era, que partido era… Não tem isso”.

Surpreendentemente, porém, sua ex-mulher Julia Lemmertz, voltou a comentar o caso pela primeira vez desde a polêmica.



Leia também: Primo de William Bonner é chamado de desperdício gay e surpreende; veja a reação aqui

Advertisement

“Eu fecho com o Alê. Achei sacanagem. Ninguém tem nada a ver com a vida dele”, comentou ela ao O Globo, sem entrar mais no assunto, mas dando apoio ao ex.

Lemmertz e Borges foram casados durante 22 anos e quando a polêmica estourou, ela comentou o caso criticando quem ofendeu seu ex-marido:

“Hoje em dia neguinho fala qualquer coisa, barbaridades, porque o anonimato faz com que você se sinta forte para esculachar o outro. Aí fico querendo responder… Não vou entrar nessa”, disse à coluna de Mônica Bergamo, na época.






Advertisement