Pedro Cardoso, conhecido pelo seu famoso personagem em A Grande Família, Agostinho Carrara, compartilhou uma imagem de uma montagem colada em um poste de rua do taxista ao lado do presidente Jair Bolsonaro, com a seguinte pergunta: “Em qual desses homens você confia mais? Vote com seu chiclete!”.

Com muitos chicletes colados em Agostinho, Pedro aproveitou para fazer uma longa reflexão em seu Instagram, onde falou sobre as suas expectativas para as eleições de 2022 e imaginou o seu segundo turno dos sonhos: “Ciro x Lula”.

Leia também: Renata Vasconcellos surpreende e mostra amor por outra mulher: ficar pertinho

Advertisement

“Amigos, amigas, amiguex; o grêmio recreativo A Ouvidoria saúda a esperança nesse domingo de Páscoa; e vem compartilhar alegria pela eufórica aceitação da nossa não candidatura à presidência da República. E aproveitamos a oportunidade para esclarecer que nossa desistência, anterior a qualquer persistência, deve-se ao desejo maior de levar Lula e Ciro, unidos pela desunião, ambos juntos ao segundo turno das eleições de 22”, escreveu o ator.

Leia agora: Integrante da Globo e de programa de Luciano Huck é acusado de golpe contra jogador

Advertisement

“Convictos, ainda que desconfiados, de que o que os une é estarem desunidos, e que esse desunião entre Ciro e Lula é a nossa força – e não a nossa fraqueza, como pensávamos – vimos rogar que nos lancemos em campanha pelos 2, agora e simultaneamente. Que lulistas lutem por Ciro e que Ciristas lutem por Lula”, continuou.

“Superemos o desejo infantil de os termos unidos e os aceitemos unidos por não se unirem! Compreendamos que os dois encarnam duas forças necessariamente desunidas; e nos unamos em torno dessa desunião – necessária! – Para levarmos ambos ao segundo turno! Assim, e só assim, derrotaremos eleitoralmente o fascismo já no primeiro turno”, projetou Pedro Cardoso.

Advertisement
Advertisement