A nova temporada do “Que História É Essa Porchat?” promete trazer grandes nomes. O apresentador, Fábio Porchat, deseja além da volta da plateia, presenças de figuras como Roberto Carlos, William Bonner, Tatá Werneck e Anitta. “Quero muito! Tudo isso está encaminhado, quero concretizar”, afirmou o humorista.

Por conta da pandemia, muitos planos para o programa tiveram que ser adiados. “Estreia em 2019, é um sucesso, vem a pandemia e para. E a gente não tem muito para onde caminhar e faz um programa remoto. Foi uma super dificuldade. Agora, os convidados voltaram”, declarou Porchat.

Para 2022, o apresentador tem a esperança de poder voltar a fazer o programa da forma que ele tinha imaginado. “Tem a volta da plateia, se tudo der certo. Poder fazer aquilo que foi planejado, ter o bar de volta, todo mundo vai poder ter sua bebidinha. Essa é a grande surpresa”, contou.

Advertisement

“É um programa que, por mais que tenha sido pensado para a TV fechada, funciona super para  TV aberta também. Torço para que consiga ganhar seu espaço. A grade da Globo é um canhão (em questão de alcance)”, afirmou Porchat.

“Que história é essa, Porchat?” se tornou um grande sucesso, tanto na GNT, quanto na Globo. Para o apresentador, a receita para essa aceitação do público está na leveza do programa. “Pensei um programa leve em um momento tão duro e difícil para nós, não digo nem pela pandemia, porque o programa veio antes, mas um momento em que estava tudo muito polarizado”, afirmou.

Advertisement

“As pessoas estavam cansadas de ver e dar opinião em todo lugar. É bom que tenha lugar para dar opinião, mas as pessoas estavam querendo ligar a TV, dar risada, virar para o lado e dormir”, avalia Porchat.

“Não tem a pretensão de querer saber o que a pessoa pensa. O programa só quer ouvir uma boa história. E no fim das contas, nós todos queremos ouvir uma boa história”, declarou o apresentador em entrevista para o portal Notícias da TV.

Advertisement
Advertisement