A ex-atriz, Carolina Ferraz, estreou nesse domingo no comando do Domingo Espetacular, da Record. Mas, o que chamou a atenção, foi a sua primeira matéria no programa, que falava sobre o seu desafeto, o ator Francisco Cuoco.

A reportagem inicial do Domingo Espetacular foi a respeito de um suposto filho não reconhecido pelo ator global.

Francisco e Carolina mantém uma relação turbulenta há mais de 20 anos, desde que os dois trabalharam juntos em um remake de Pecado Capital (1998). De acordo com a imprensa da época, desde o início das gravações, Carolina não queria ter cena de beijo com Cuoco, o seu par romântico, o que criou um clima tenso nos sets de filmagem. A solução foi escalar Vera Fischer para contracenar com o ator, que no final das gravações desabafou: “O papel de Salviano em Pecado Capital foi um pesadelo. Levei até o fim porque sou profissional, mas para conviver com a minha colega, a atriz Carolina Ferraz, tive que procurar um analista. Ela é intratável”.

Advertisement

Domingo Espetacular de cara nova

A apresentadora Carolina Ferraz não foi a única a debutar no Domingo Espetacular dessa semana. O programa também estreou o novo cenário tão anunciado. Mas o que chamou a atenção foi a sua similaridade com o antigo programa da Rede TV, Leitura Dinâmica.

“Realmente está a cara do Leitura Dinâmica”, observou um internauta em seu Twitter. “Leitura Dinâmica estreando na Record”, ironizou outro twitte.

Advertisement