As cirurgias plásticas têm ajudado pessoas de várias partes do mundo a corrigir imperfeições e ficarem mais bonitas. Enquanto alguns indivíduos utilizam esta técnica de forma consciente outros acabam usando este recurso de uma forma exagerada. Seja pelo viés da beleza ou a necessidade de estar na moda diversas celebridades têm feito este tipo de intervenção. Será que existe alguma explicação para isso? Acompanhe nos próximos parágrafos.




Em um mundo em que a imagem é tudo, diversas oportunidades são recusadas ou concedidas apenas considerando a aparência. Esta é uma das razões que faz a cirurgia plástica ser tão requisitada neste meio de artistas famosos. Como tais personalidades concentram muita atenção por parte da mídia, das redes sociais e de seus fãs, todo este cenário acaba influenciando inclusive o fator psicológico destes profissionais.

Existe também a perspectiva da influência. Quando as celebridades realizam cirurgias plásticas bem sucedidas isto acaba impactando seus seguidores, especialmente os mais jovens.

Enquanto figuras públicas como Alessandra Ambrósio (modelo brasileira) e Lisa Kudrow (a Phoebe da série Friends) conseguiram bons resultados com cirurgias plásticas, outras como Mickey Rourke (ator americano) e Donatella Versace (designer de moda italiana) não tiveram a mesma sorte. Ainda existem aqueles que de jeito nenhum admitem que realizaram qualquer tipo de cirurgia plástica, Angelina Jolie e Scarlett Johansson são exemplos.

Nem só para celebridades este tipo de intervenção é utilizado. Embora seja mais conhecido no mundo da beleza, as cirurgias plásticas também são indicadas para situações em que pacientes são expostos a algum tipo de problema de saúde. Queimaduras, remoção de tumores e demais situações em que um indivíduo possa necessitar. Neste caso, este tipo de intervenção tem um objetivo mais reparador do que apenas estético.

Cabe a cada pessoa escolher se vai fazer cirurgia plástica ou não. De qualquer forma é altamente recomendado estar por dentro dos riscos que um procedimento como este pode levar, afinal é uma cirurgia e não é algo tão simples como muitos dizem. É importante ainda ressaltar que por mais que o cirurgião seja altamente capacitado, não existem milagres. Às vezes, as mudanças físicas que as pessoas tanto sonham não podem ser atingidas nem com cirurgia. Por isso, é preciso muita cautela na hora de decidir por este tipo de procedimento.




Em um país como o Brasil, que é apontado como uma das nações que mais apresenta cirurgias plásticas entre os jovens, sugere-se que esta decisão de fazer ou não o procedimento, seja realizada com muita calma. Principalmente porque muitas pessoas acabam decidindo efetuar a plástica apenas para estar na moda e atender uma expectativa imposta por modelos predefinidos de beleza. É preciso pensar de forma criteriosa e não apenas acompanhar o que se impõe nas redes sociais e a mídia.

Por mais que o mundo cada vez mais foque na imagem é preciso ter bastante autoconhecimento para não cair em nenhuma cilada. Nem tudo é baseado na beleza exterior. Por isso, nunca foi tão importante primar por relacionamentos verdadeiros que focam em saber respeitar as diferenças.