Você descobre que está muito longe da evolução quando as pessoas ainda mostram certa obsessão em descobrir a todo custo detalhes sobre a sexualidade dos outros.

Leia também: Highsexual: Nova categoria de gays, que só são gays quando fumam maconha




Após uma especialista americana ter feito grande sucesso ao apresentar ‘dicas’ para esposas e namoradas descobrirem se tem um parceiro gay (leia clicando aqui), uma nova ferramenta mira em um público diferente.

Leia também: “Fui contratada para namorar”, diz ex-atriz XXX sobre Thammy Miranda

Desta vez é focada em pais que querem descobrir se tem filhos gays.

Criada pela empresa Fireworld, a ferramenta é polêmica por colocar como dicas de pistas coisas do tipo “ter piercing”, “ser cuidadoso com si mesmo”, “gostar de cantoras mulheres” e acredite, preferir teatro a futebol.

Leia também: Assessoria confirma foto de Gianecchini com outro homem e revela o que aconteceu; veja

Como se tudo isso não fosse o bastante, ainda é possível usar ferramentas para hackear o Facebook dos filhos e checar se eles tem visualizado conteúdos gays.




Sobre o pretexto de ‘proteger’ a família, a empresa anunciava em seu site o seguinte: “família é fundamental. É por isso que a orientação sexual de suas crianças, diretamente responsáveis pela continuação de sua família, é muito importante para você”.

Após duras críticas, este trecho foi retirado da comunicação digital.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here