Se tem uma coisa que o Papa Francisco não para de fazer é surpreender o mundo católico e o não católico. Afinal de contas, quando você imaginaria o Vaticano enviando uma carta para um casal gay desejando felicidades?



Fotos mostram Pabllo Vittar em sua versão masculina; confira

Pois foi justamente o que aconteceu com o casal gay de Curitiba Toni e David.

A carta enviada pelo Vaticano veio em resposta ao agradecimento do casal pela Catedral de Curitiba ter aceitado batizar os três filhos deles, Jéssica, Felipe e Alyson.

Estudo revela quantas vezes homens devem se masturbar para evitar câncer

“Conseguimos o batismo de nossos filhos e isso nos fez muito feliz. Era o desejo das crianças serem batizadas. Como fomos visitar Roma, mandamos uma carta agradecendo a Igreja Católica por ter nos recebido e nos aceitado, já que nós homossexuais, fomos historicamente queimados pela santa inquisição”, disse Toni, que já tinha tentado batizar os filhos em várias outras igrejas.



Highsexual: Nova categoria de gays, que só são gays quando fumam maconha

Enviada pelo Monsenhor Paolo Borgia, com a aprovação do Papa, a carta diz que”Francisco lhes deseja felicidades” e pede que o casal reze pelo Papa.

Em papel timbrado, a carta tem também uma foto e a assinatura de Francisco. Leia abaixo o documento completo:

Nude de participante do Master Chef bomba na net; confira

1 COMMENT

  1. Convém ler a matéria “Vaticano esclarece que carta enviada a casal gay no Brasil é resposta “geral””. O sensacionalismo, pela ênfase às declarações de um dos “pais”, da matéria inicial, nada tinha de razoável. Aliás, na data de ontem (8/8/17), fiz comentário na dita matéria inicial, esclarecendo que o Batismo é um direito de todos os seres humanos. Em se tratando de jovens ou adultos, nem o compromisso dos pais é exigido.

Comments are closed.