Um dos novos galãs da TV Globo, o jovem ator Arthur Aguiar foi passear com sua mulher, a coach Mayra Cardi nos Estados Unidos.



> Atriz da Globo trai namorado e DNA revela que filha é do cunhado casado; veja a treta

Enquanto curtem suas férias, o casal decidiu que queriam ir almoçar em um restaurante chique.

Eles só não contavam é que seriam colocados pra fora do restaurante, sendo obrigados a comer na área externa.

O motivo alegado pelo estabelecimento, a vestimenta de Arthur. Por meio de seu Instagram, ele desabafou sobre o caso e explicou como a situação ocorreu:



> “Dei muito e saí com mulher” diz Deborah Secco em entrevista reveladora; confira aqui

“A gente veio em um restaurante aqui que é meio chiquezinho. Tinha a comida que eu queria comer, entrei. O cara falou que eu não poderia sentar do lado de dentro de regata, que eu não estava bem vestido.

Acho isso um absurdo. Acho isso tudo uma imbecilidade. Qualquer tipo de discriminação social, racial… O cara botou a gente aqui fora, onde está o bafo quente…

Nunca vou entender como o tipo de roupa que a gente usa determina o que cada um pode ou não fazer. Até porque uma blusa poderia ser nove dólares e essa regata 15. Uma camisa social poderia ser mais barata. Não faz o menor sentido. Não vai ser um almoço muito agradável”.

Casados desde 2017, eles esperam o nascimento da primeira filha, Sophia.






12 COMMENTS

  1. Alguém avisa o trouxão que não tem a ver com o PREÇO da roupa, mas com o estilo de vestimenta.

    Se o restaurante exige determinado tipo de roupa (e se exige é porque a lei permite) ele tem que seguir.

  2. issso se chama ordem social…..
    respeite a cultura dos outros povos, se eles valorizam o mais formal, va formal !!!!
    se no seu país vale tudo isso é problema seu…..retardado !!!!!

  3. o IDIOTA ENTRA COM REGATA, SOVACO DE FORA E VAI SE SERVIR, como fica. Ele pensa que aqui ele podendo tudo, pode chegar la nos EEUU ou na Europa e fazer o que quer. Porco, nojento

  4. Que idiota. Isso chama dress code o ignorante. Assim como se tem em casamentos, por exemplo. Você não vai a um casamento de regata e bermuda, quando o traje é “Passeio Completo”. Desta mesma forma, alguns estabelecimentos restringem determinadas vestimentas. Não tem nada a ver com discriminação e sim com dificuldade de seguir regras.

  5. As pessoas são muito incoerentes. Sabe que o lugar é chique e pode exigir determinado tipo roupa sim, vai quem quiser. Ator e outros acham que podem tudo. Imagina se vivêssemos sem regras. Imagina o advogado entrar em uma audiência de bermuda e regata, ou a mulher de mini-saia e sutiã? É muita falta de noção.

  6. kkkkk
    brasileiro sendo brasileiro
    restaurante chiquizinho
    Qualquer tipo de discriminação social, racial…
    kkkkkk
    ta achando que aqui é Brasil? Abre o olho jacaré!

  7. Preguiça de gente que quer impor suas próprias regras. Acha que é famosinho e pode tudo… Não gostou? Vai ao Mc Donalds…

  8. Hahaha, descobriu que nao está no país que te deixa fazer o que vc quer por ser famoso né?

  9. Brasileiro…sendo brasileiro…ha uma semana no aero Porto em dorado em Bogotá…uns adolescentes brasileiros regressando Disney (onde mais) ficavam esbarrando nas pessoas de propósito so para dizer sorry…coisa que aparentemente achava muito divertido.

  10. TEM RESTAURANTES AQUI NOS ESTADOS UNIDOS QUE NAO PERMITEM A ENTRADA SE ESTAO DE TENIS NEM PARA VER JOGO DE FUTEBOL. OUTROS RESTAURANTES TEM UM AVISO NA ENTRADA:”VESTIR COM BOM GOSTO” .EM NOSSO PAIS ATE SEM CAMISA, DE CHINELO E OUTROS ADUENDOS E PERMITIDA A ENTRADA. NAO SEI SE A ISSO CHAMAM CULTURA , PRECONCEITO OU FALTA DE LIBERDADE E EDUCACAO.

Comments are closed.