Vai ao ar no próximo domingo, 19, na Rede TV!, uma entrevista realizada pela apresentadora Daniela Albuquerque com o estilista Ronaldo Ésper. Durante o papo, ele dá várias declarações que são pra lá de polêmicas.

Ronaldo contou que durante a ditadura militar, chegou a namorar um dos ministros do governo. Apesar de não revelar o nome, afirmou que era um dos cinco que não era militar.

Já sobre sua sexualidade, afirmou que teve uma abrupta mudança recentemente. Apesar de ter afirmado na mesma entrevista que ‘pegou geral’ e que só não tem doenças sexualmente transmissíveis por ‘sorte’, hoje se considera um ex-homossexual.




É que segundo Ésper, ele deixou de ser gay no exato momento em que passou a fazer parte da Igreja Universal do Reino de Deus, tendo assim, se convertido.

Reprodução

Coincidentemente, é a mesma igreja do Bispo Macedo, dono da emissora onde Ésper trabalha. Atualmente ele bate ponto no programa Hoje em Dia, da RecordTV.

5 COMMENTS

  1. kkkkkkkkkk, ja ouvi falar de ex ladrão, ex maconheiro, ex namorado, ex tuuudo, mas ex gay não, quando gay, sempre gay, so cutuca q começa a coçar, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Aí se vê todo o preconceito, dos próprios gays… se alguém pode ser ex-hétero, por que não pode ser ex-gay?
    Cadê o respeito pela diversidade, então? Só a diversidade gay é que merece respeito? E o preconceito religioso então? Esse é nojento também!

Comments are closed.